logo_gmail

Porque muda a hora?

Horário de inverno 2020-2021

E agora perguntas tu: Nesta era dos smartphones, apps, iluminação inteligente, máquinas de lavar e fornos programáveis, taxas bi-horárias, relógios e equipamentos que mudam de hora sozinhos…. faz sentido mudar a hora? Se somares a isto, aquela espécie de jetlag, a que ficamos sujeitos, quando se instala a hora de inverno, que nos deixa tão macambúzios… a pergunta ganha ainda mais força!!

Ao vasculharmos a História, ficamos a saber que a brilhante ideia de Franklin para a poupança das velas, com mudança de hora de verão e de hora de inverno, foi retomada na 1ª Grande Guerra e, depois, na 2ª.

Os fracos recursos dos países, que entraram nestes conflitos, pediam poupança de combustível e mudar a hora era uma preciosa ajuda.

A grave crise de petróleo, à roda de 1973, recuperou mais uma vez a grande ideia de Franklin para, de novo, se poder poupar energia. Acabou por se tornar uma diretiva europeia em 1981.

Mais de 200 anos depois da ideia de Benjamin Franklin e 100 anos depois da adoção da ideia, na 1ª Guerra Mundial, eis que continuamos a avançar e a recuar 1 hora, 2 vezes por ano, nos nossos relógios. Para poupar energia?! A sério….?

Na verdade, são muito os estudos! Uns dizem que se poupa muita energia, outros defendem que nem tanto. Há estudos que referem até que nos ressentimos mais na mudança de hora do verão do que nesta, no outono.

Adaptado de: https://rfm.sapo.pt

Comments are closed.